TEMAS

quarta-feira, outubro 18, 2006

To be or Not to be - O Cavalheiro Andante

Tem agora uns sapatos de senhor. Farto de utiliza-lo da forma convencional resolveu transforma-lo em chinelos andando sobre a sua parte traseira.

4 comentários:

Arqui disse...

Olá,

Parece que temos em comum um livro: O lobo das Estepes, já agora o que gostou especialmente no livro?
Incrivel, essa da mulher dar à luz aos 64 anos e uma boa notícia para nós mulheres:-)

Saudações

Mário Almeida disse...

Quando li "O Lobo das Estepes" de Herman Hesse tinha 19 anos e desde então não me lembro de ter lido nada que me desse a exacta noção do absurdo. De caminhar na vida sobre uma linha ténue a abeirar-se do abismo. Talvez «O Estrangeiro» de Albert Camus.

Anónimo disse...

Oi Mário.

Gostei desse pensamento. Dá ao homem o que é do homem: a sua consciência e o seu livre arbítrio. Serás tu o cavalheiro andante?

Fica bem, força com o blog, edá notícias.

Com carinho
Romira

Arqui disse...

Fiquei curiosa de saber o que aconteceu a seguir à metamorfose...
Tens que escrever mais.

abraço