TEMAS

sábado, setembro 08, 2007

Q de Quero-Que-Quebres-e-te-Quedes-Quente, Querida.

Gosto do mar. Gosto de ir á Quebra-Canela, gosto de vir-me... da Quebra Canela.


Uma vista rápida por cima da montanhas, curvas e enseadas. Já perto do mar, por cima da enseada, a espuma das ondas propaga o seu halo quente até mim. Desço a enseada arenosa do dorso da colina que resvala até á praia arenosa e quente. «Oh! esta areia está mesmo quente.» Apresso os meus passos em direcção á orla do mar, num misto de ansiedade e prazer. Quedo-me por uns instantes na areia para lhe tirar o odor e o calor. De seguida meto-me sem contemplações naquela água quente e húmida; meto-me a fundo até aos corais passando ao de leve a roçar as ouriçadas. Permaneco-me ao fundo ondulando-me o tempo suficiente para ter aquela sensação de perda, do absoluto, de proximidade, de pequena morte. Volto á tona: uma onda enorme de calor, água e vapor, está prestes a cair-me em cima da cabeça. Pensei furar ali mesmo e acabar, o que seria frustrante; mas em vez disso faço aquilo que os craques da Quebra-canela chamam de «panha cachorro» - até á praia. Prancho todo o meu corpo sobre a superfície límpida e húmida do mar e deixo-me ir. O meu coração aumenta de cadência e bate compulsivamente, enquanto movimento as minhas nádegas e os pés tentando manter-me na crista da onda. A toada imensa de água, sal, espuma, força, leva-me prazerosamente até esvanecer-me na praia. «Ahhhhhhh...hmmmmm, foi boa a cachorrada». Aí deixo-me ficar algum tempo, ofegante, no seu leito cremoso. Ela - o mar - quente, quente, quente, ... como só ocorre em algumas tardes solarengas de Domingo. O sol continua a beijar-me o rosto e a língua troteante da água alisando os meus pêlos do peito. Os gritos e risos das crianças em brincadeiras na praia chegam ao meu ser como um cântico de querubins. Instantes depois, que pareceram uma eternidade, levanto-me para pegar uma onda ainda mais bonita e voluptuosa. 'Got the Picture?


2 comentários:

Peps disse...

Ami tudu dia nta panha nha cachorro ku nhas amigo, ê sô n'fitcha odju(!) pa'n fica djuntu ku ês, na kel corrida pa odja quenhi ki ta tchiga mas longi...na areia e dipos kel otu corrida pa mas um onda, ta corri cheio di graça na boca-sem-folgo pamodi bu cheka bu broda na kel spiqui!
Ah nha Quebra...!!!
I got the picture, the picture is framed in me!

Mário, bu squeci sô di kel fresquinha calbicera, la na sombra!

MÁRIO ALMEIDA disse...

Ya, Peps: kel fresquinha calbicera na sombra ka ta fadjaba. Um djoguinhu «seca pele» tambê y um pínu na areia.
Obrigadu pa visita

Abraços